quinta-feira, 8 de maio de 2008

Os Mistérios do Vodu - Parte 02 - O Voduísmo no Haiti

O termo vodum ou vodu, como chamamos, teve sua origem no Oeste da África, num reino chamado Daomé, atualmente conhecido como Benin. Com a escravidão no século 19, os nativos de Daomé foram capturados e levados para que fossem trocados por armas e alimentos por mercadores europeus, o que os levou a se estabelecer em muitas partes das Índias Ocidentais e no Haiti. Como na época a igreja católica demorou a constituir um clero que pudesse batalhar pela religião cristã no Haiti, esta ausência prolongada deu aos escravos a oportunidade de combinarem a sua religião, o vodu, com o catolicismo, formando um denso sincretismo (mistura) religioso. Diz-se que 95% dos haitianos são católicos e 100%, adeptos do vodu. Tanto é assim que, às vezes, é difícil determinar onde acaba o catolicismo e começa o voduísmo.
O presidente haitiano, Jean Bertrand Aristides, ex-padre católico, declarou, em abril de 2003, o vodu como religião oficial do país. Com essa posição do governo, os casamentos realizados no vodu passaram a ser aceitos e considerados oficiais, tendo valor religioso, como ocorre com as demais religiões ao redor do mundo.Contudo, apesar da proeminência voduísta no país, existe também um trabalho missionário cristão que tem incomodado o sossego desse grupo. O fundador da Missão Evangélica do Norte do Haiti, Jean Berthony, promove anualmente uma campanha evangelística no país, o que tem gerado bons resultados. Numa dessas ocasiões, as autoridades locais proibiram o seu trabalho, declarando que a cruzada evangelística do pastor Berthony teria sido a responsável por expulsar todos os espíritos vodus do país durante um tempo.Mas a importância do vodu no Haiti ultrapassa o âmbito religioso.
O turismo haitiano tem explorado o voduísmo com afinco. A ministra do turismo, Martine Deverson, disse: "Hoje em dia existe uma consciência maior do patrimônio cultural do Haiti, e o vodu, apesar de freqüentemente ser confundido com magia negra, pode ser fator de atração para os visitantes".

2 comentários:

Callegari disse...

Realmente o "Voodu ou Vodu" é uma interessante pratica mágica de raízes africanas.
Esse tipo da trabalho é considerado dentro das classes mágicas como a "Magia Negra". Negra, porque trata do lado obscuro do misticismo,como o culto aos espiritos dos mortos e demônios que recebem sacrificios de sangue.Atos mágico como os bonecos do Voodu,são usados tb em outra tradições ,como bruxaria eclética, stregheria e wicca também.
Pode se usar o boneco como forma de magnetismo ,colocando feições e objetos no boneco,fazendo com o que vc deseja atrair pelo boneco se realize.Podendo ser desde de amor,saúde, fartura e muitas outras coisas boas!
Infelizmente...essa mágica dos bonecos "Voodu" são mais utilizados em feitiços de "guerra" para produzir sofrimento e morte à um inimigo. Mas é inegável que é uma magia altamente poderosa e que funciona.

Jony Kelson disse...

Olá , me chamo jonny e eu gostaria muito de me iniciar , sou de Macaé , e não conheço quase ninguém . Se puder me ajudar , agradeço .
Blessed be.